Finanças não garantem reembolso do IRS em 20 dias

Os contribuintes que apresentarem a declaração pela internet, a partir desta segunda-feira, terão o reembolso mais rápido, mas sem prazo definido.

A data fixada por lei como limite para pagamento ou reembolso do IRS é 31 de Julho, mas a Autoridade Tributária e Aduaneira indica que quem declarar pela internet “recebe o reembolso mais cedo” do que os restantes contribuintes, de acordo com a informação publicada no Portal das Finanças.

Mas o Fisco não se compromete com prazos específicos, como chegou a acontecer em anos anteriores, quando as verbas retidas em excesso eram devolvidas ao fim de 20 dias.

No ano passado, numa ida ao Parlamento, o ministro das Finanças revelou que as devoluções desse ano estavam a ser feitas num prazo médio de 25 dias. Contudo, o ano passado ficou marcado por mudanças no cálculo do IRS de 2011, como a sobretaxa de 3,5% aplicada aos rendimentos e uma retenção extraordinária de meio subsídio de Natal.

No ano de 2012, esta sobretaxa extraordinária já não ocorreu, mas o cálculo da colecta terá outras novidades para os técnicos das Finanças, como os novos limites às deduções.

in http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=72067

NewLogoLMA-ADVOGLegal Award Winner 2012 awards2012logo Logo Ordem dos Advogados logo_aea_grande

Necessita de ajuda? Entre em contacto connosco

[contact_form]

Redes sociais:
error0
Marcados com: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

CAPTCHA (ANTI-SPAM) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.