Fisco aperta cerco às contas dos bancos e grandes empresas

Bancos, seguradoras e empresas que paguem mais de 20 milhões de euros em impostos também serão acompanhadas pela Unidade de Grandes Contribuintes.

Todas as empresas com facturação superior a 200 milhões de euros vão passar a ser controladas mais de perto pelo Fisco através da recém-criada Unidade de Grandes Contribuintes (UGC). Também os bancos, seguradoras e empresas que paguem mais de 20 milhões de euros de impostos passam a ser acompanhadas por gestores tributários.

“São já 860 as entidades que estão abrangidas pela Unidade de Grandes Contribuintes”, revelou ao Diário Económico o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, dando conta dos critérios de selecção dos contribuintes para acompanhamento especial da situação tributária. Estes requisitos ainda não estavam fixados, um ano depois de criada a estrutura destinada a efectuar o acompanhamento tributário dos grandes contribuintes e de definidas as respectivas competências que vão desde o controlo das obrigações tributárias até à assistência pré-declarativa. Faltava estabelecer os critérios de selecção dos contribuintes para acompanhamento especial da situação tributária.

in http://economico.sapo.pt/noticias/fisco-aperta-cerco-as-contas-dos-bancos-e-grandes-empresas_164861.html

NewLogoLMA-ADVOGLegal Award Winner 2012 awards2012logo Logo Ordem dos Advogados logo_aea_grande

Necessita de ajuda? Entre em contacto connosco

[contact_form]

Redes sociais:
error0
Marcados com: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

CAPTCHA (ANTI-SPAM) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.